Despedida do Tipo

Depoimentos, declarações, histórias e manifestações gerais sobre o carro, seus proprietários e seus admiradores
Avatar do usuário
Halles
Tipeiro
Tipeiro
Mensagens: 1200
Registrado em: 23 Ago 2008 19:04
Cidade: Belo Horizonte
Estado: Minas Gerais
Modelo Carro: Tipo 1.6 i.e. azul
Ano/Modelo: 93
Localização: BH / MG - 1.6 i.e.

Despedida do Tipo

Mensagempor Halles » 19 Jan 2016 12:44

Que bom saber que o site voltou!
Me salvou em várias situações onde precisei tirar dúvidas sobre o carro.
Mas tudo um dia vai embora! Depois de 9 anos juntos, me despedi dele; eu o vendi em maio do ano passado (2015).
Minhas filhas ainda falam dele e sentem sua falta, afinal quando elas nasceram sempre foi ele que nos transportava, tanto na cidade quanto em nossas viagens.
Muitas pessoas falam que o Tipo é um carro ruim, que pega fogo e não é bem assim. Todos aqui sabem o porquê dessa história de pegar fogo, mas do carro ser ruim, não. Isto não é verdade. Confortável, macio, razoável porta malas e consumo compatível pelo tamanho do carro em relação ao motor (no caso do 1.6 ie). O peso do carro influência um pouco na sua desenvoltura, principalmente quando se está em viagem com carro cheio. Mas não posso reclamar, sempre foi um carro muito fiel e nunca me deixou na mão. Mesmo com algum defeito, me levou ou me trouxe, mesmo em viagens.

Mas um dia você tem de mudar e eu não tenho como manter dois carros. Apesar da confiabilidade, a gente começa a se cansar de certos defeitos que pela experiência com o carro, são solucionados rapidamente e facilmente. Um outro ponto é a falta de peças originais e até paralelas. Certas peças só no ferro velho e corre-se o risco de estragar novamente por conta do tempo de uso. Cito a válvula do ar quente, que controla a passagem de água do motor para o radiador interno. Nunca consegui encontrá-la e optei por isolar o sistema.

Não só de coisas chatas que tenho lembrança dele. A primeira viagem com minha família. Lugares que conheci onde ele me levou; o prazer de conduzir um carro da década de noventa sem ficar a dever pra carros atuais, são fatos que guardo com carinho na memória, além dos novos amigos que fiz através do site e dos encontros. Os que tive o prazer de conviver nos encontros ainda tenho contato, viraram amizades sólidas. As que tenho virtual mantenho uma boa relação sem mesmo ter visto qualquer um deles. É uma família mesmo! Tenho saudades dos encontros pra por o papo em dia, trocar idéias, rir e debochar do time adversário dos amigos, enfim, o gostoso dos encontros. Os churrascos da galera, ida a bares enfim, a parte boa de tudo que o carro me proporcionou e o site me ofereceu.

Torço para que quem o tenha comprado tenha a mesma alegria que ele me proporcionou por estes anos. Não o vi mais, mas ainda olho pelas ruas pra ver se o encontro. Minhas filhas me pedem pra comprá-lo de volta, mas não tenho a menor intenção de fazer isto, muito menos condição para tal. Hoje possuo um carro de outra marca e sedan, apesar de ser 1.0 fica devendo pouco pro Tipo, mas na subida, me lembro que o tipo subia facilmente. Mas isto é outro papo do qual não é pra ser feito aqui.

É isto, queria compartilhar com vocês o que vivi com ele que foi meu companheiro por tanto tempo.

Abraço.
VENCER,VENCER, VENCER, ESTE É O NOSSO IDEAL.

Avatar do usuário
Webmaster CdT
Administrador
Administrador
Mensagens: 457
Registrado em: 16 Ago 2006 21:00
Cidade: Belo Horizonte
Estado: Brasil
Modelo Carro: Tipo
Ano/Modelo: 93
Contato:

Re: Despedida do Tipo

Mensagempor Webmaster CdT » 09 Fev 2016 17:23

Boas lembranças.
Sem contar, é claro, as variedade de amizades que se tem oportunidade de fazer ... tudo vem ... tudo vai ...
As redes sociais mudaram mas as pessoas bem que podiam não ser tão volúveis como as redes da moda.
Não sabem o que estão perdendo...


Voltar para

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: 2 e 0 visitantes